Viagens

Belgium: Brussels

Decidi que vou escrever três posts sobre a Bélgica: as duas cidades que visitamos e um separado para o Museu dos Quadrinhos. Felizmente tem muita foto e vi que se fizesse um post só pra tudo ficaria enorme e sem todas as informações que pretendo escrever (não que sejam assim de taaanta relevância); assim, vou intercalando esses posts com outros que quero montar também. :)

Demorei um pouco pra começar essa série pois tava em dúvida de como faria isso, como já disse, e também teve o plus preguiça e os atentados que ocorreram por lá semana passada me deixaram meio triste e não queria escrever com esse sentimento. :(

Como algumas outras viagens, ir pra Bélgica não estava nos meus planos tão próximos. Eu sempre tive vontade de visitar e sabia que iria curtir pela cerveja, quadrinhos e batatas (#prioridades), mas não era assim minha primeira opção. Até que estava olhando preço de passagens pra qualquer lugar e apareceram essas: €40, ida em uma sexta à noite e volta no domingo, perfeito! Convidei mais dois amigos e partimos rumo as terras Belgas! :D

O aeroporto que pousamos (Charleroi) é longe da cidade, mais ou menos uma hora de ônibus e os tickets ida e volta custam €31. Ficamos na mesma rede de Hostels que nos hospedamos em Cologne e foi maravilhoso! O espaço, os quartos… simplesmente incríveis, e saiu €25 por noite pra cada, achei super justo. Não tinha café-da-manhã incluso, mas acabamos pegando os tickets por €7 cada e tomando o café no hostel mesmo, que era muito bom!

Bruxelas, oficialmente a Região de Bruxelas ou Região de Bruxelas-Capital, é a maior área urbana na Bélgica e a capital de facto da União Europeia.

brussels01

brussels02

brussels03

brussels04

brussels06

brussels07

Tivemos apenas dois dias na Bélgica, mas eu acho que foi mais do que o suficiente. Nosso roteiro ficou assim, para Bruxelas: Parque do Cinquentenário, centro histórico (e de lá as atrações mais famosas, a estátua pipizenta :P, a Catedral e o roteiro dos muros grafitados), Museu dos Quadrinhos e por fim, o Atomium. A ideia era sair a noite para o Delirium Café (um dos bares mais famosos de Bruxelas) mas estávamos praticamente mortos de cansaço e não tivemos forças para levantar da cama.

Não vou comentar o que achei de cada um dos lugares que visitamos, mas gostaria de dar minhas impressões sobre lá em geral: é uma cidade bonita, apesar de ter uma aura de abandonada (suja, empoeirada, grafitada), o que pra mim não é um defeito, já que gosto desse clima meio sujinho, haha. Fiquei com a impressão de que a desigualdade social é mais gritante do que em outras cidades européias que já visitei. O transporte é extremamente confuso mas serve muito bem Bruxelas, dá pra ir pra todo o canto pagando super barato. Infelizmente os belgas foram super mal-educados com a gente quase o tempo todo. Ou não sabiam ou não queriam nos dar informações. E sei que somos turistas, não falamos a língua nativa do país, e no final das contas foi super difícil se comunicar em inglês. Não sei se voltaria tão cedo, acho que vi tudo o que tinha pra ver e é isso.

No entanto, Bruxelas é super famosa por suas cervejas, chocolates e a forte cena de comics e não posso negar: é tudo verdade! Só de ver muitos dos meus personagens favoritos em todo canto da cidade, já fazia meu coração palpitar. E que saudades aquelas cervejas maravilhosas, haha! A viagem foi bacana por estar com meus amigos, e no fim, o que eu mais amo em viajar é isso: ter a oportunidade de conhecer mais um cantinho desse mundo, não importa se meu coração bateu mais forte ou não. Amo a sensação de chegar em um lugar completamente desconhencido do qual não faço a mínima ideia de como tudo funciona. <3 brussels08

brussels09

brussels10

brussels11

brussels12

brussels13

brussels14

brussels15

IMG_6268

brussels16

brussels17

brussels18

brussels19

brussels20

7 Comments

  1. Flávia Donohoe

    March 31, 2016 at 9:21 pm

    estátua pipizenta, hahaha, tem uma de chocolate em uma loja em frente que é maior que a própria estátua, eu gostei muito de bruxelas, pelo jeito a cidade tá bem mais suja, pois na época em que fui, 2011 e 2013 era impecável, bem limpa e agradável, eu adoro os grafites espalhados e o museu é incrível :D

  2. adriana maria

    March 31, 2016 at 9:44 pm

    Olá Lari,
    Noossa que lindas fotos.
    Sabe que participo do postcrossing e saiu uma pessoa de Cologne e dai vim aqui no seu blog relembrar o que voce escreveu sobre a cidade. Achei muito bonita também!

    Há pouco tempo li um post no blog Pequenos Monstros em que eles diziam que Bruxelas nao tem mto o que fazer mas que é uma cidade otima pra voce ficar so andando por la, sentindo a cidade, sab?!
    Fiquei curiosa pra conhecer!
    Adorei o post =)

  3. Vy

    April 1, 2016 at 7:00 pm

    Nossa, jura que os belgas de Bruxelas foram ranzinzas? Nunca ia imaginar! Sei lá, achava que rolava aquela simpatia que nem em Amsterdã, haha!

  4. Katarina Holanda

    April 2, 2016 at 3:15 pm

    Sempre tenho vontade de entrar nas suas fotos <3

  5. Tany

    April 5, 2016 at 2:17 am

    Lari! <3
    Que fotos lindas e que post gostoso. Tô bem ansiosa pelos próximos, ainda mais com essas dicas úteis. Eu tinha uma pira em ir pra Belgica que ultimamente diminuiu muito, mas ainda acho um lugar lindo demais e essas suas fotos só reafirmam isso. :)

  6. Nicas

    April 6, 2016 at 2:09 am

    Você ( ͡° ͜ʖ ͡°)
    Disse ( ͡o ͜ʖ ͡o)
    MUSEU DOS QUADRINHOS? ( ͡ʘ ͜ʖ ͡ʘ)

    cervejas, chocolates e a forte cena de comics –> tá aí um know how que tem que ser exportado, a gente fala em globalização, que o mundo hoje é um só, mas cadê, né?

    PS: Lindíssima na foto!

Leave a Reply