Diário, Vida na Irlanda

Dois anos de Irlanda

Post meio atrasado, mas não podia deixar passar em branco, afinal último 11 de maio foi meu Irlandaniversário: dois anos na terrinha dos Leprechauns. :D Não tenho muito assim o que comentar, acho que o segundo ano é bem mais tranquilo em comparação ao primeiro, pelo menos pra mim foi. Tenho a impressão que os primeiros meses você não faz ideia quanto tempo vai ficar e quer fazer tudo ao mesmo tempo agora: festas, viagens, passeios, etc… e o segundo nada mais é novidade, já se planeja mais a longo período e dá uma maneirada nas biritas (hahaha). Minha rotina aqui é completamente diferente da que eu tinha no Brasil e sei que se voltar, vou sofrer pra me adaptar lá, como sofri pra me adaptar aqui, meio doido, né?

Pra resumir, dois anos de Irlanda em shows: The Libertines, Walking on Cars, Of Monsters and Men, The National, Mumford & Sons, Ed Sheeran.

Dois anos de Irlanda em viagens: Oslo, Amsterdam, Belfast, Cologne, Brussels, Bruges, Valencia; e alguns condados irlandeses: Galway, Clare, Donegal, Wicklow, Meath, Louth, Dublin. 

Dois anos de infinitas primeiras vezes e aprendizados, 24 meses que parecem apenas duas semanas e ao mesmo tempo muitos anos.

Para comemorar, eu ganhei bolo e Guinness, vi o pôr do sol na praia e o mais legal, resolvi fazer uma tatuagem em homenagem a essa mudança na minha vida que foi a Irlanda! Eu sabia que queria um lighthouse faz um tempo, pois me lembra a relação com o mar que desenvolvi por aqui, eu gosto do significado que é achar seu caminho e aí decidi colocar as coordenadas de São Paulo e Dublin. Foram quase 4 horas de sessão, e é minha oitava e maior tatuagem. Apesar de ter amado, nos primeiros dias, eu estranhei um pouco, acho que pelo tamanho, mas agora já acostumei e não vejo a hora de cicatrizar por completo e exibir por aí no verão irlandês, haha. :P Tô me sentindo mega tatuada agora, hehe.

Eu queria escrever um post super bonito e emotivo, mas a verdade é que me sinto tão em casa e sei que no fundo ainda tenho uns bons anos por aqui, que as vezes até esqueço que ainda sou uma intercambista. Mas fica aqui meu muito obrigada por mais doze meses da melhor mudança da minha vida!

Leave a Reply