Viagens, Vida na Irlanda

Kerry: Ring of Kerry

Depois do passeio de Dingle, confesso que eu não tava tão animada assim para fazer o Ring of Kerry, já que dizem que a península de Dingle é muito mais bonita. E de fato, o tour começou meio boring. A primeira parada foi em um pub e em uma exposição ao ar-livre sobre meios de trabalho, conservação de alimentos e ferramentas para platanção e colheita, além de mostrar algumas moradias antigas irlandesas. Parecia interessante, mas tinha que pagar entrada e a gente optou por não ir. Ficamos por volta de uns 40 minutos andando pela lojinha dentro do pub e aproveitamos pra comprar alguns snacks.

No caminho ainda passamos por uma cidadezinha chamada Killorgin, onde existe um festival do bode, haha. Todo ano, durante 3 dias, em agosto, um bode é nomeado o rei de Killorgin pela rainha, que geralmente é alguma garotinha em idade escolar. São três dias de festa, com atrações musicais, comida, e claro, muita bebida, os pubs chegam a ficar abertos 24 horas sem parar. Depois disso, o bode é devolvido à natureza. Confesso que fiquei morrendo de vontade de ir, haha.

Já a segunda parada era também em outra atração: um show de ovelhas adestradas, hehe. Também tinha que pagar e a gente decidiu ficar olhando a vista, que saõ essas fotos aqui de baixo.

Aí então, eu já tava achando que esse passeio seria a maior furada. Acontece que começamos a subir as montanhas e aí meu queixo caiu. Que paisagens maravilhosas. Não sabia nem dizer qual era minha favorita, eu achava que depois do dia anterior nada ia superar, mas os dois lados de Kerry são completamente diferentes um do outro. Nós estávamos entre as montanhas, inclusive perto da mais alta da Irlanda, com aquele oceano azul aos nossos pés. Era de tirar o fôlego cada volta que o ônibus dava, a gente nem sabia pra onde olhar primeiro. Com certeza o ponto alto do dia foi almoçar no topo da montanha com essa vista. A cara da riqueza, haha.


Depois do almoço, passamos por algumas praias, que nem conseguíamos acreditar que era irlandesa. Tivemos uma sorte danada com o clima, estava calor e sem chuva, a água que chegava a ser cristalina e eu só queria que tivéssemos tido tempo de mergulhar. Mais uma parada em uma cidadezinha pra tomar um sorvete, encerramos o tour bem no alto, em Lady’s View, onde temos uma vista dos dois lagos do Killarney National Park.

Já saímos correndo pra pegar o trem de volta pra Dublin e um até breve pra Kerry, pois com certeza é um dos meus lugares favoritos da Irlanda e valeu muito a pena essa viagem. As vezes a gente acha que viajar só conta quando vamos pra longe, mas esquecemos de explorar os lugares perto de nós, né?

2 Comments

  1. Laura Nolasco

    July 18, 2018 at 4:40 am

    Que lugar liiiiindo!
    Nossa, fiquei apaixonada pelas fotos!
    Que bom que no fim valeu a pena o passeio, adorei o post!
    Beijos!

  2. BA MORETTI

    July 22, 2018 at 12:43 am

    a cor dessa água, essa paisagem, aaaaaaaaaa ♥ tudo lindo demais! quero correr pras montanhas agora HAHA

Leave a Reply