Viagens

London, baby!

O post de Edimburgo eu terminei falando que iria de ônibus pra Londres, né? Pois é. Eu achava que já que já tinha viajado a Bolívia de ônibus, passar 8h na estrada na Europa seria fichinha. Coitada de mim. Pra quem acha que as coisas aqui são infinitamente melhores que no Brasil, fica a dica, as vezes, nem tudo.

Na verdade, até maio desse ano, dava pra fazer esse trajeto que fiz em um ônibus especial em que tinham camas dentro! Mas aí reza a lenda que essa ideia foi um fracasso e tiraram o tal ônibus de circulação. Daí lá vai dona Larissa, 9h dentro de um ônibus lotado, perto do banheiro, congelante, que mal dava pra esticar as pernas e poltrona malemá reclinava. Eu e minha coluna de 29 anos chegamos destruídas em Londres, as 8 da manhã. A empresa que viajei é a National Express, consideravelmente mais cara que a Mega Bus, e creio eu, se não igual, até pior. Ainda no ônibus, eu bem que queria ir sentada sozinha, mas como tava bem cheio, já tava sem esperanças. Comecei a rezar pra pelo menos alguém legal sentar ao meu lado, uma moça se aproximou e se ajeitou e disse que se eu quisesse levantar, era só acordar ela. Reconheci o sotaque e já perguntei da onde ela era e pá, claro, Brasil, haha. 70 pessoas no ônibus, as únicas duas brasileiras sentam logo lado a lado. Muito legal ela, tá viajando pelo mundo por um ano!

O hostel que fiquei é bem perto da Victoria Station, muito bem localizado. Cheguei lá, mas como meu check-in eram somente as 14h da tarde, eles não me deixaram ir pro quarto, então eu perguntei se pelo menos podia tomar um banho e tomar café, e eles dexixaram. Entrei com todas as minhas malas no banheiro, sequei o cabelo na sala comum, com todo mundo me olhando, vida de gente sem dinheiro e glamour na Europa.

Esse hostel é bacana pois tem café da manhã por uma libra, e tudo que eles arrecadam vai pra caridade! Eu paguei cerca de 40 libras pela noite num quarto compartilhado com mais três meninas, sim, bem caro. :(

Depois de já parecer um pouco mais apresentável, fui dar umas voltas. Primeiro passei pela Victoria Station de novo pra descobrir como usava o Oyster Card, que é tipo o bilhete único em São Paulo, e pra mim valeria a pena. O transporte em Londres é por zonas, e como a maioria dos lugares que eu queria visitar ficavam na zona central, eu paguei 7 libras por dia e pude andar a vontade de underground. Foi quando eu peguei o underground e desci na estação que dá de cara pro Big Ben que eu senti: caraca, eu estou em Londres! Explico: eu nunca fui a doida pra conhecer Londres, e acho que sou assim com quase todas essas cidades mais famosas. Paris, New York… acho legal, mas também acho que vemos tanto dessas cidades por aí que meio que perde a graça. É claro que não vou reclamar se eu puder ir, mas nunca foi minha prioridade, entende? Enfim, mas voltando, foi quando olhei o Big Ben que caiu a ficha que eu tava em uma das capitais mais famosas do mundo e me senti grata por ter esse tipo oportunidade na minha vida!

Depois do Big Ben eu fui na London Eye que estava lo-ta-da, muito cheio de turistas mesmo, e acho que essa época do ano é ainda pior, pois são as férias de verão na Europa, então a maioria das famílias aproveitam pra viajar e/ ou mandam seus filhos de viagem pra outras cidades. Tirei umas fotos e de lá peguei o metrô de novo, mas dessa vez pra estação King’s Cross, onde tem a plataforma 9 3/4!

london5

londo8

london1

Eu queria muito mesmo ter tirado uma foto lá, mas descobri que na verdade, as fotos são pagas, a mais barata é 10 pounds, e como eu estava sozinha, não tinha ninguém pra tirar pra mim, além do mais, eu peguei exatamente o dia do vigésimo aniversário do Harry Potter e podem imaginar o tamanho daquela fila. Lá também, fica a loja do Harry Potter, onde comprei os feijãozinhos de todos os sabores.

Lá pelas tantas, eu já tava mega cansada, então fui pro hostel dormir um pouco. Até então eu não tinha feito nenhuma refeição em restaurante, mas havia separado um lugar pra ir em Londres, pra comer bangers and mash, que nada mais é que salsichas e purê de batata. O lugar que eu fui é o Mother Mash, no Soho, e achei bem bonitinho, a comida tava boa e não foi tão caro, acho que a refeição toda me custou uns 10 pounds.

Depois de lá, aproveitei que estava perto e dei umas voltas pela região de Picadilly Circus, onde tem a maioria das lojas ~fancy, tipo a loja de M&M’s and do Lego. A primeira aliás, é enormeeee, tem três andares, e foi lá que eu comprei os M&M’s personalizados com os nomes das minhas kids, elas amaram. A loja do Lego também é bacana, mas a que eu fui em Cologne, na Alemanha, achei maior!

london2

london4

london3

londo6

Ainda pela região, tem a China Town, achei engraçado, pois você tá andando lá por toda aquela região com cara de Londres, metrô, táxis pretos, ônibus vermelhos e de repende tem um portal chinês e muda completamente a arquitetura, haha.


Voltei pro hostel e tava morta, tinha alguns planos pro dia seguinte, mas como o aeroporto que saía meu vôo era há duas horas de Londres, não fiz muita coisa. E foi assim que acabou meu mini mini mini mochilão por UK. Nem preciso dizer que vou voltar um dia, né?

4 Comments

  1. Amanda Larsen

    July 31, 2017 at 11:22 pm

    Oii, Lari! Achei um amorzinho seu post de London, afinal, amo London e sempre me encanto com as fotos haha, gostei demais do conteúdo de seu blog >.<
    Beijos!! http://www.mandyline.com

  2. Laura Nolasco

    August 1, 2017 at 3:21 pm

    Apesar de rapidinho, deve ter sido incrível visitar todos esses lugares né?
    Super entendo a coisa de não ser prioridade essas cidades mais famosas… Tenho vontade de conhecer, mas tem TANTO lugar que quero mais, que sei muito menos sobre…
    adorei as fotos, que pena que não conseguiu a foto na 9 3/4!
    Beijos!

  3. KARINE

    August 2, 2017 at 3:57 pm

    apaixonada por essas fotos, especialmente aquela da bicicleta <3 e meodeos, que tortura tudo isso de viagem! mas achei demais ter encontrado uma brasileira bem ali, sentando do seu lado no bus! hahah

  4. Vy

    August 10, 2017 at 7:29 pm

    London, London <3 Pena que pegou um dia ruim pra ir na King's Cross, durante a semana é bem vazio, mas sempre tem alguém que pode te ajudar a tirar uma foto. Eu também estava sozinha, mas pedi pra um pessoal que tava lá fazendo nada e eles tiraram as melhores fotos <3

    Como ninguém nunca me contou desse prato ai? Eu só comida fish and chips, haha! Mentira, comia outras coisas, mas esse ai das salsichas ninguém nunca me falou…

Leave a Reply