O blog da Lari

Viagens, Vida na Irlanda

Kerry: Dingle

Então, como comentei no outro post. Nós montamos base em Killarney, e daí então, agendamos dois day tours: o primeiro pra fazer o Ring of Kerry e o segundo pra Dingle. Nós reservamos com a empresa Wild Kerry por simplesmente ser a mais barata, já que esses tours são todos iguais. Eu tenho lá meus mixed feelings, mas pra quem não dirige (ainda mais por essas estradinhas estreitas do interior irlandês), esses tours acabam sendo a melhor, e talvez única opção. A parte chata é que muitas vezes as paradas são em lugares nem tão interessantes assim, só pelo fato de terem convênio com as lojas ou restaurantes, ou só por que tal lugar é mais famoso. Isso aconteceu nesse tour por exemplo. Eu e a Taís estávamos simplesmente doidas pra ir em lugar em Dingle, pra não dizer que era o lugar que mais queríamos visitar. Fomos seguindo o google maps toda empolgadas, quando a van passa direto por ele, e quando perguntamos ao motorista se a gente ia lá, ele disse que não pois toma muito tempo e as pessoas estão mais interessadas em ver as coisas do Star Wars, haha. Pois é. Vou deixar a foto aqui só pela lembrança que nem tenho, um minuto de  ...

Leia mais

Diário, Vida na Irlanda

Dublin: Herbert Park

Um post fotográfico rapidinho que eu já tinha as fotos editadas, pra tirar da fila de posts pra escrever e também que eu não podia deixar de compartilhar essas fotos por aqui, mesmo que um pouco (bastante) atrasadas! Quando voltei do Brasil (pois é, vou escrever sobre isso), lá pro final de abril, eu e Taís estávamos com vontade de fazer o tipo de passeio que mais gostamos: fotos e comida! Era bem época que as flores de cerejeira (ou sakuras, ou cherry blossom) estavam florindo, e se tem duas épocas que essa cidade fica linda é essa e no começo do outono. Essas árvores estão por todo canto de Dublin, mas não duram muito, coisa de duas ou três semanas as flores já se foram, e aí, só no outro ano novamente. Enfim, como eu disse, é possível achar as cerejeiras por todo canto, mas um caminho desse foi a primeira vez que vi aqui em Dublin. Eu nem sabia da existência desse parque, ele fica em Ballsbridge, uma hora área um pouco mais nobre do lado sul. Eu acho que como existem parques bem mais conhecidos por essa área, esse não é tanto “divulgado”. Então, seguimos a dica de andar por lá, é um parque pequeno mas bem  ...

Leia mais

Viagens, Vida na Irlanda

Kerry: Killarney National Park

Eu tenho alguns posts nos rascunhos de lugares que visitei nos últimos meses, porém vocês sabem como eu sou péssima com esse blog. Aliás, eu nem sei como ele está vivo até hoje, quase seis anos! Por vivo eu digo, ainda que poucos posts, temos posts. Mas voltando ao assunto principal, esse fim de semana fiz uma viagem maravilhosa, e as fotos estão tão lindas, que não tem como compartilhá-las por aqui. Essa ideia de viajar com a Taís novamente é meio antiga, já que fomos juntas pra Cologne lá no início de 2016 e foi simplesmente muito bacana viajar com ela, então queríamos repetir a dose. Nossa ideia inicial era ir pra algum outro país que nenhuma das duas ainda havia visitado, porém viajar pela Europa no verão é muito muito muito caro. Foi aí que optamos por ficar pela Irlanda mesmo e ir pra Kerry, um condado no extremo sudoeste e que é bem famoso por ser um dos mais bonitos do país inteiro. Nós montamos base na cidade de Killarney, já que é conhecida por ser turística e principalmente perto dos pontos que a gente queria explorar. Pegamos o trem saindo da Heuston Station em Dublin, e cerca de 3 horas depois, já estávamos lá  ...

Leia mais

Diário, Vida na Irlanda

Três anos de Irlanda

Amanhã é meu aniversário irlandês, e como sempre nessa data, eu fico meio pensativa e nostálgica. Sempre “comemorar” esse dia pode parecer bobeira pra algumas pessoas, mas construir uma vida nova em um país diferente, em certos momentos parece como renascer. E eu não falo só das tantas coisas que aprendemos o tempo todo, das mais banais até as mais significativas, mas olhar pra trás faz esses três anos parecerem vinte, trinta, quarenta, do tanto que a gente muda. Bate uma nostalgia em lembrar do meu primeiro ano em Dublin. Do tanto que eu viajei, fiz amigos, do quanto eu saía e aproveitava a cidade muito mais do que hoje. Sabe aquele sensação de que não exploramos o lugar que a gente mora pois ele sempre estará lá? Eu não sentia isso nos primeiros anos pois eu não sabia se ia ficar aqui ou não, mas hoje bate aquele sentimento de “outro dia eu vou”, o que é bom e ruim ao mesmo tempo, haha. E acho que a maior reclamação de quem passa a ficar mais tempo fora, é a sensação de solidão. Eu tenho minha família aqui, sim, mas a saudade dos meus “de lá” sempre vai bater bem forte. Minha vida agora não  ...

Leia mais

Vida na Irlanda

Claddagh Ring

Eu não lembro aonde li sobre o Claddagh ring, faz um tempo, até tentei achar aqui mas não consegui. Fiquei com isso na cabeça, e sabe quando você nunca reparou em algo, mas uma vez que repara começa a ver a mesma coisa em todos os lugares? Foi isso que aconteceu. E aí comecei a achar bonito o significado e acabei ganhando um de Natal. O Claddagh na verdade é um símbolo celta composto de três elementos: as mãos, a coroa e o coração. As mãos representam a amizade, o coração representa o amor e a coroa por sua vez representa a lealdade. O primeiro anel que se tem conhecimento foi fabricado no século 17 na vila de Claddagh, em Galway, costa oeste da Irlanda. Não se sabe exatamente a origem do símbolo, alguns dizem que tem origens italianas, mas a mais famosa diz que um ourives inventou o design que é usado até hoje. A história conta que ele foi raptado por piratas da Argélia e levado pra lá como escravo, mas um de seus donos também era um ourives e então lhe ensinou como fazer o anel que ele tinha imaginado. Nesse meio tempo, o rei Guilherme III mandou uma tropa para resgatar europeus que haviam sido sequestrados, e quando  ...

Leia mais